Vamos Comer! Exposição reinterpreta os conceitos do movimento Tropicalista

A partir dessa semana o Rio de Janeiro inclui em sua agenda mais uma opção cultural imperdível. A exposição Vamos Comer acaba de ser aberta ao público! Propondo uma livre reinterpretação conceitual do movimento Tropicalista, os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig apresentam aos visitantes uma exposição interativa, regada por experiências sensoriais e orgânicas, em que a arte e a tecnologia pautam a percepção e a vivência do público ao longo das diversas instalações que compõem o espaço. As manifestações culturais que marcaram a época em suas diversas expressões – como o cinema, o design, as artes visuais e a música – formam a matéria-prima das instalações criadas e das experiências propostas ao público.

A história do movimento ao longo dos anos 60 e 70 está contada em uma longa linha do tempo que recebe os visitantes no início da mostra. Fotos e textos destacam os principais marcos e expoentes do Tropicalismo.

Dentre as instalações que integram a mostra, a Nova Objetividade permite aos visitantes, através de objetos vestíveis, interferir numa escultura, sucessivamente reconstruindo-a. O movimento dos visitantes alteram a iluminação do espaço. Obra de arte e ambiente são constantemente recriados e transformados, recuperando a ideia de Lygia Clark e Hélio Oiticica de que a arte se realiza plenamente somente a partir da ação do público.

Já na instalação A Boca, o público é convidado a atravessar três túneis ao longo dos quais textos, palavras e conceitos são devorados e repropostos, animados por uma perspectiva antropofágica.

A exposição está em cartaz até o dia 01 de dezembro de 2017 na Galeria BNDES.